Vereador Alexandre Pierroni fala sobre retirada do Projeto de Lei que autorizava o leilão de terrenos públicos

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
 

Sempre preocupado com a transparência e também com a transmissão da informação correta, o Vereador Alexandre Pierroni (Alexandre Veterinário) esclarece que o Projeto de Lei nº 49/2018, apresentado pelo Poder Executivo, que dispunha sobre a autorização da Prefeitura alienar cinco imóveis de propriedade do município de São Roque seguia em tramitação na Casa de Lei, foi retirado.

Na Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada na segunda-feira, dia 1º, foi lido o Ofício nº 612-2018-GP, assinado pelo Prefeito Cláudio Góes, que solicitava aos Vereadores a retirada do referido Projeto de Lei. “O pedido passou pelo Plenário e foi aprovado, portanto, retirou-se a matéria”, informa o parlamentar.

Alexandre Pierroni relembra que em meados de setembro participou de uma reunião na Prefeitura para discutir o assunto. “O principal papel do Vereador é o de fiscalizar os atos do Prefeito, portanto, fomos atrás das informações. Eu juntamente com os Vereadores Alfredo Estrada, Etelvino, Julio Mariano e Rafael Tanzi, nos reunimos com o Departamento Jurídico da Prefeitura e outros servidores com o objetivo de discutir o teor da matéria. Ficando acordado que solicitaríamos junto à Casa de Leis uma avaliação mais técnica a respeito do valor dos imóveis”, diz.

O Vereador Alexandre comenta ainda que esse Projeto de Lei tramitou na Câmara Municipal, sendo adiada a sua votação diversas vezes conforme consenso dos Vereadores. “Tínhamos dúvidas quanto ao valor de dois terrenos, sendo um situado na

Rua Governador Carvalho Pinto, Lote 17, quadra B, no Bairro do Guaçu com o valor de R$72.000,00 estimado pela Prefeitura, já o valor calculado pela perícia contratada pela Casa de Leis é de R$170.000,00. Na Rua Euclides da Cunha, nº 183, Parque Nove de Julho, o parecer da Prefeitura era de R$1.695.490,86, enquanto que a perícia apurou o valor de mercado em R$2.733.000,00”, ressalta.

Alexandre Veterinário crê que essa soma de esforços foi proveitosa. “Nos unimos, fizemos a nossa função e contribuímos de alguma maneira com a população são-roquense. Acredito que esse trabalho conjunto é fundamental para o progresso do município”, finaliza.