Núcleo da Floresta recebe autorização para reabilitação de animais após intervenção do vereador Marquinho Arruda

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
 

O vereador Marquinho Arruda, após reunião com Rafael Mana, responsável pelo Núcleo da Floresta, entidade que realiza pesquisas científicas, enviou Ofício ao Poder Executivo relatando a necessidade de concessão de Licença de Uso e Ocupação do Solo, para que a reabilitação de animais silvestres faça parte das atividades da empresa, que presta serviços relevantes para toda a comunidade.

Em busca de uma solução legal para a inclusão da atividade Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), sem confrontar a Lei de Zoneamento do Município, o vereador Marquinho Arruda reuniu-se, no último dia 19, com o Prefeito Cláudio Góes, o vereador Niltinho Bastos, o presidente do Núcleo da Floresta, Rafael Mana, e representantes dos Departamentos Jurídico e de Planejamento, que resultou onde foram estabelecidas as adequações necessárias a serem realizadas, pelo Núcleo da Floresta, para que fosse concedida a Certidão de Uso e Ocupação de Solo, concedida nesta sexta-feira, 22.

“Desde que tive conhecimento da situação me dispus a buscar alternativas para a continuidade e implementação dos serviços, propondo por meio do Ofício abaixo que a matéria seja alvo de discussão e avaliação, junto à Comissão Especial de revisão do Plano Diretor no sentido de evitarmos outras situações como esta e evitar complicações legais ou até descontinuidade de empresas que prestem serviços relevantes à comunidade”, explica.

O vereador Marquinho Arruda agradece o empenho do Poder Executivo na solução do entrave burocrático e legal, assim como o apoio dos vereadores Cabo Jean, Niltinho Bastos, Rafael Tanzi, Julio Mariano, Maurinho Góes, Alexandre Pierroni, Rafael Tanzi, Toco e Flávio Brito.