Juca de Oliveira recebe homenagem da Câmara por indicação de Guto Issa

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
 

No próximo dia 14 de agosto durante a Sessão Solene que comemora o aniversário da Câmara Municipal e do município de São Roque, a Casa de Leis concede sua maior homenagem ao ator são-roquense Juca de Oliveira, através da Medalha do Mérito Barão de Piratininga, por indicação do vereador Guto Issa.

Nascido em São Roque no ano de 1935, recebeu como nome de batismo João de Oliveira Santos; membro da família Cóllo, morou no bairro Taboão, gostava de cavalos e, entre outras, estudou na Escola Estadual Horácio Manley Lane. Aos doze anos começou a trabalhar, e entre outros ofícios, foi sapateiro, marceneiro e padeiro. Sua primeira experiência no teatro foi em Mairinque, participando como ator em uma peça, a convite do amigo Chiquinho Bertolini, numa época em que ainda nem sequer sonhava com a carreira artística.

Na juventude, mudou-se para São Paulo onde cursou três anos do curso de Direito na Faculdade do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo, mas foi seduzido pela arte, e em 1958 entrou para a Escola de Arte Dramática de São Paulo, e em 1961 estreou profissionalmente no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) com a peça “A Semente”, dirigido por Gianfrancesco Guarnieri.

Ao longo da carreira de artista e dramaturgo, participou de 38 novelas, 12 filmes e escreveu 11 peças de teatro, recebendo sete prêmios. Foi presidente do Sindicato dos Atores e através dele foi um dos responsáveis pela Regulamentação da Profissão de Ator no país, no ano de 1978. Em 2013 se tornou membro da Academia Paulista de Letras.

“Juca de Oliveira é um exemplo de profissional e pessoa, dono de uma história de vida e de uma carreira inspiradora para as novas gerações e motivo de orgulho para todos os seus conterrâneos, motivo pelo qual é digno merecedor da Medalha de Mérito Barão de Piratininga, a maior honraria que esta cidade concede anualmente. Acredito que esta também é uma forma de homenagear a cultura são-roquense como um todo”, conta Guto Issa.

 

Foto: Divulgação / TV Globo