Guto Issa pede campanha de direção segura para preservar vida de motociclistas

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
 

Nesta semana, o vereador Guto Issa protocolou Indicação, direcionada ao Poder Executivo,   pedindo a criação de uma campanha para conscientizar os motociclistas da importância da direção segura, a fim de evitar acidentes e mortes no trânsito do município.

Dados do Observatório Nacional de Segurança no Trânsito informam que em 2016, das 37,3 mil mortes por acidente no país, 12,1 mil foram causadas por acidentes de moto. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas (Abraciclo), o Brasil é o terceiro maior fabricante de motocicletas do mundo e as estatísticas do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), contabilizaram 13,2 milhões de motos circulando pelo país em 2017, sendo a segunda maior frota, atrás apenas dos carros.

As estatísticas do DPVAT indicam que os acidentes de trânsito são a principal causa de mortes entre jovens de 19 a 25 anos e em 2017, 74% dos acidentes no país envolviam motocicletas e o crescimento da frota só aumenta devido ao seu custo, relativamente baixo perto de um automóvel, seu papel social ao servir de meio de trabalho para milhões de brasileiros, e a flexibilidade do veículo que permite trajetos mais rápidos em meio ao trânsito da maioria das cidades.

“Com todas essas informações ainda faltam políticas públicas de conscientização dos motociclistas para que dirijam com mais segurança, pratiquem a direção defensiva e protejam suas vidas, afinal, a exposição do motociclista é muito maior e em casos de acidentes eles são os mais prejudicados, o número de mortes e invalidez permanente é altíssimo, porque as lesões mais registradas são na cabeça, no tórax e nas pernas”, explica Guto Issa.

O vereador ressalta que além dessas razões, a demanda do mundo moderno exige dos motoboys entregas cada vez mais rápidas e, neste sentido, algumas empresas contratantes chegam a premiar os profissionais que fazem o maior número de entregas no menor tempo, fomentando a pressa, o desrespeito às regras de trânsito, aos pedestres e demais veículos com os quais dividem as vias públicas.

“Como vereador vejo que faltam campanhas de conscientização sobre trânsito seguro, que enfatizem o valor da vida, principalmente para motociclistas, cuja maioria faz parte da engrenagem econômica da sociedade, tendo a moto como sua fonte de trabalho e renda, mas que muitas vezes se esquecem da fragilidade de suas próprias vidas, e é por isso que estou pedindo uma campanha de direção segura no município”, finaliza o vereador Guto Issa.